Está prestando atenção?

Está prestando atenção?

A escaneabilidade e os recursos para captar o interesse dos leitores.

Esqueça por um minuto de todas as ferramentas que o marketing digital e a tecnologia tem a oferecer para a produção de conteúdo. Deixe de lado as estratégias de SEO, GoogleAds e outras otimizações para aumentar a propagação de seu texto na rede. Primeiro, vamos voltar ao básico: seu texto propicia uma boa leitura ao seu público?

Antes de buscar o maior alcance que seu artigo irá ter, é preciso ter em mente a qualidade que ele apresenta para o destinatário. A leitura está fácil? Soluciona as dúvidas propostas? Enfim, o conteúdo é realmente relevante para quem está consumindo? Em um mar de informações online e com um padrão de leitura pelos usuários cada vez mais disperso, o primeiro fator a ser destacado na produção de seu texto é esse: sua relevância e eficiência frente ao problema proposto no artigo.

O segundo fator reflete justamente o novo comportamento do leitor, que precisa ser levado em consideração por quem produz o conteúdo e engloba um conceito que não é conhecido por todos: a escaneabilidade. É ela que determina se seu texto está apto a sobreviver a uma primeira passada rápida de olhos de seu leitor e capturar o interesse dele neste relance.

Voltemos a abordar o modo de leitura atual dos usuários de internet. É comum que uma pessoa mantenha mais de uma aba aberta em seu navegador e fique zapeando por elas até que algum conteúdo realmente prenda seu interesse. Dentro desta forma de comportamento, seu texto precisa se adequar e apresentar atributos que captem esta atenção do leitor em poucos instantes.

O recomendável é que seus dois primeiros parágrafos sejam altamente atrativos, já que são através deles que o leitor irá decidir se permanecerá em sua página ou abandonará seu conteúdo. E a linguagem deve sempre estar adequada ao público que deseja atingir, mantendo-se consistente nessa forma em todos os posts direcionados a seu segmento. Se o blog produz conteúdo voltado para ciência, pode abusar dos termos técnicos; se sua página aborda culinária, trate sua audiência com um linguajar mais informal e caloroso.

Levar em consideração o tamanho do texto também é fundamental para garantir a escaneabilidade do texto. Novamente, o comportamento de leitura pode variar de acordo com seu público-alvo, mas o leitor comum é facilmente “assustado” por textos muito extensos. Se o tema abordado conseguir ser resumido em menos parágrafos, sua eficiência será recompensada pela permanência do público em sua página.

A leitura também fica mais fácil com parágrafos mais curtos. Por isso, evite blocos de textos muito grandes, sem quebra ou espaçamento. Isso tende a afastar o leitor, aparentando uma “densidade” excessiva que, às vezes, não se reflete no conteúdo escrito. Uma boa receita é manter uma média de 4 linhas por parágrafo.

Variações de formatação de texto também são atrativos à parte, que podem ser explorados à vontade pelo autor. Um formato que se popularizou bastante é o de listas, ou os famosos Top 10 e suas variáveis, com dicas enumeradas em tópicos abordando o tema do texto. Subtítulos dividindo seu artigo também podem ser um respiro agradável para o leitor.

Estudando os detalhes e particularidades da produção de conteúdo online, sua página terá mais chances de obter mais acessos e diminuir os índices de rejeição, prendendo seu público com conteúdo de qualidade e de consumo agradável.

 

 

Exclusiva Brasil
por Exclusiva Brasil dia 18 de setembro de 2017
Administrador da Exclusiva Brasil

Deixe seu comentário

Atenção: Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade de seu respectivos autores e não representam, necessariamente, a opnião da Exclusiva Brasil.